TUTORIAIS PARA USAR PARTICIPAR DESTE BLOG

17 de setembro de 2016

DOMINGOS MONTAGNER - O QUE SUA MORTE NOS DIZ






Não sou de ver novela quase... Não sou fã desse Ator... Mas o texto que foi escrito, nos faz refletir e muito.
______________________________________

"Assim silenciosa e apressadamente as águas do "velho Chico" levaram o artista!
E eu fico pensando no quanto a morte sempre quer ensinar algo.
"A morte precisa ter uma utilidade", dizia Gandhi.
Chocar um país, tirar o chão, mostrar que ela é assim. Vem sem explicar, algumas vezes, sem chance de despedidas, sem deixar as coisas em ordem.
A morte nos convida à vida!
Pode parecer insano. Mas é a maior verdade que temos diante do nariz, porém, viramos o pescoço para não enxergar!
Eu caminho ao lado dela! A morte está ao meu lado. 
Ela me ensina sobre a fragilidade humana.
Convida-me sempre a deixar a carga mais leve, achar graça de tudo, não acumular nada! 
Sou turista, de passagem por esta linda paisagem terrena...O rio da integração nacional chamou para si o artista e a atenção da nação! 
Deixou-nos um recado bem claro... Em segundos, nossos sonhos, contratos, ambições, podem ser levados pela correnteza!
Vivamos muito, de preferência com alegria e paz, só por agora!
Pode ser que não haja depois!"


Lindo Texto Cristiane Framartino Bezerra.

21 de agosto de 2016

MATRIX - BEM VINDO AO DESERTO REAL




Olhar para Matrix é olhar para a nossa mente. Ela está programada para nos dar todas as respostas (mesmo erradas), com uma capacidade gigantesca de criação e autopreservação. Ao mesmo tempo que realiza os nossos desejos, escraviza-nos a eles.

O mundo moderno é fruto da Matrix, tudo a nossa volta nasceu dela (da mente ou Matrix, como preferir), desde a bateria de seu relógio de pulso à nossa língua, à moral, à filosofia e à ciência.

Não vemos o mundo como ele é, mas sim como os nossos sentidos o captam. Uma rosa vermelha é todas as cores, menos o vermelho. Ela absorve as outras cores e reflete o vermelho.

Além disso, tudo o que é captado pelos sentidos é interpretado pela programação do cérebro. Este programa foi criado, de um lado, pela seleção evolutiva natural a todas as espécies e, de outro, por nossas próprias criações. Programas gerando programas, dando origem ao que chamamos de sociedade.

Ao olharmos à nossa volta, veremos um reflexo de nós mesmos, de nossos sonhos e pesadelos materializados, produzidos na Matrix e tornados "reais". Esta realidade virtual é onde vivemos com nossas leis, normas, nossos sinais e tantos outros elementos artificiais criadas pela Matrix.

Este gigantesco Software de gerenciamento é alimentado por cada microprograma, ou seja, nós. Quando "crio algo", insiro um novo programa na Matrix; se esse programa lhe for útil ele é agregado. Um bom exemplo são produtos e marcas que existem há décadas.Mas se eu sou um revolucionário, um terrorista, e crio uma idéia contrária à Matrix(o status quo), sou um vírus. Naturalmente os mecanismos de defesa dela serão lançados contra mim: O antivírus.

Podemos pensar em uma pessoa como Giordano Bruno, que, no século XIV, já acreditava em outros mundos e em vida em outros planetas e punha em xeque todas as concepções da Igreja (concepções oficiais), sendo, desta forma, condenado à morte ou, se preferirmos, deletado.

Fonte:*Livro: Matrix-BemVindo ao Deserto do Real *Autor: William Irwin *Editora:Madras

CARL PANZRAM (1891 - 1930)

Carl Panzram (1891-1930)
“Eu quero ser enforcado e não quero nenhuma interferência sua ou de tipos como você. Eu sei tudo sobre o mundo e sobre a natureza diabólica do homem, e não quero bancar o hipócrita. Estou orgulhoso de ter matado alguns e arrependo-me de não ter matado mais.”


MATRIX - BEM VINDO AO DESERTO REAL


Toda vez que vejo os três filmes Matrix e esta cena ocorre, penso que Smith tem razão. Penso também que não sou humana, porque cometer atos humanitários não deveria chamar-se atos humanitários...

O próprio nome se refere a unicidade h-UM-Anos, ser único, egoísta, que se preocupa com seu próprio umbigo. Só sabe fazer a suposta da bosta da caridade se fizer propaganda de si mesmo e para tal, usa a internet.

A BOSTA DA AUTO PROMOÇÃO DO EGO para ser aceito na SOCIEDADE e tudo isso porque quer agradar a todos.
Pode reparar que quem mais fala de cristianismo, são os que mais pisam nos outros como se tivesse a merda de algum privilégio 'divino' e com esse comportamento leve de esquizofrenia, sentem-se no direito de subjugar a todos.

Ahhhhh! O falso amor cristão. kkkkkkkk


Viva a hipocrisia, as pessoas cheias de vaidade que falam em evolução sem enxergar em si mesmas os lixos que são.


kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk


Eu não quero ser aceita, nem ser desprezada... Aliás essas duas coisas passam batidas, porque a opinião alheia NUNCA FOI E NUNCA SERÁ IMPORTANTE PRA MIM.


Será que sou assim porque tenho muita facilidade em conhecer gente nova quase todo o santo dia?


Bem, nem quero saber.
A raça humana é cheia de querer condenar as atitudes alheias quando essas são incompreendidas, afinal o saber é limitado e quem tem a sensação de QUE SABE TUDO é um tremendo idiota.



VERDADES DURAS


NÃO SE ENGANE MEU CHAPA...


Um dia seu braço se cansará de tanto segurar essa máscara patética e você estará desprevenido para suportar as verdades sobre si mesmo.


~Orion

18 de agosto de 2016

SEGURANÇA PRIVADA - A REALIDADE

Este vídeo, vai para você que adora humilhar os seguranças nos bancos e nas baladas, dizendo que eles estão ali sem serventia nenhuma, que só atrapalham a sua vida.

Este vídeo também é dedicado aos EMPREGADORES, que também em grande parte, ADORAM HUMILHAR E DESMERECER NOSSO TRABALHO.
Há os que não nos dão a mínima condição de trabalho e chega a ser puro machismo quando se trata do sexo feminino... Nem rádio nos dão e somos obrigadas a agir, mesmo quando se trata de ter que entrar em ação quando o sujeio e/ou os sujeitos são homens.

FICA A DICA.

video


Fim...

15 de agosto de 2016

APOCALIPSE DE ZUMBIS

O que é vida?
O que é ter uma vida?

Creio que deva ser muito mais que dormir, comer, copular, se divertir, trabalhar, estudar, ser sociável e lidar com as pessoas e suas diferenças.

Tem que haver algo mais.

Há pessoas se perguntando isso e para que esse vazio não seja um ato de consumo do Ser as válvulas de escape são a fé cega e o consumismo.

Cegos somos porque a grande massa prefere fugir para não temer o desconhecido e o que está tão óbvil, a um palmo do nariz quase...

Não, a vida não pode ser somente essas coisas.

Deve haver outro sentido.

Mas prevejo que esse 'outro sentido', quando encontrado jogará o indivíduo na solidão porque talvez poucos conseguem ir até o final da 'toca do coelho' e eis a questão:

- Melhor caçar pokemon nas ruas ou saber a verdade?


.




2 de junho de 2016

POR BENJAMIN FRANKLIN

Escreve as ofensas na areia e os benefícios no mármore.

Benjamin Franklin


O MELHOR


NA CRISE ATUAL - ainda vejo pessoas vomitando fartura, revivendo passado dos bons tempos que se tinha mais dinheiro, contando papo e eu fingindo não saber que se bobear a pessoa está pior do que eu... Não há outro assunto e isso é falta de leitura.
Dizem que ler é coisa de vagabundo, mas ficar em REDES SOCIAIS olhando a vida dos outros pra fazer queda de braço e fofocas que é coisa de gente que passou a vida toda tampando o sol com a peneira, nunca fez algo de bom ao seu próximo e se fez joga na cara, conta pra todo mundo pra se passar pela pessoa fodona do século XXI.
São coisas do ego, coisas que quando faltar saúde ou na hora da morte irão pesar.
LER desata os nós cegos da ignorância de forma gradativa e te ensina o EU SOU, não o EU TENHO ou EU TINHA.
Na crise atual, estamos TODOS no mesmo barco e caiu de moda ficar contado vantagens.


De papo furado estou farta, porque nunca vejo atitudes.
É isso!

30 de maio de 2016

TABACARIA” – FERNANDO PESSOA




“Não sou nada.
Nunca serei nada.
Não posso querer ser nada
À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo.

Estou hoje vencido, como se soubesse a verdade.
Estou hoje lúcido, como se estivesse para morrer,

Falhei em tudo.
Como não fiz propósito nenhum, talvez tudo fosse nada.

Que sei eu do que serei, eu que não sei o que sou?
Ser o que penso? Mas penso tanta coisa!
E há tantos que pensam ser a mesma coisa que não pode haver tantos!
Génio? Neste momento
Cem mil cérebros se concebem em sonho génios como eu,
E a história não marcará, quem sabe?, nem um,

O mundo é para quem nasce para o conquistar
E não para quem sonha que pode conquistá-lo, ainda que tenha razão.
Tenho sonhado mais que o que Napoleão fez.
Tenho apertado ao peito hipotético mais humanidades do que Cristo,
Tenho feito filosofias em segredo que nenhum Kant escreveu.
Mas sou, e talvez serei sempre, o da mansarda,
Ainda que não more nela;
Serei sempre o que não nasceu para isso;
Serei sempre só o que tinha qualidades;
Serei sempre o que esperou que lhe abrissem a porta ao pé de uma parede sem porta,
E cantou a cantiga do Infinito numa capoeira,
E ouviu a voz de Deus num poço tapado.
Crer em mim? Não, nem em nada.

Vivi, estudei, amei e até cri,
E hoje não há mendigo que eu não inveje só por não ser eu.

Fiz de mim o que não soube
E o que podia fazer de mim não o fiz.
O dominó que vesti era errado.
Conheceram-me logo por quem não era e não desmenti, e perdi-me.
Quando quis tirar a máscara,
Estava pegada à cara.

(Se eu casasse com a filha da minha lavadeira
Talvez fosse feliz.)
Visto isto, levanto-me da cadeira. Vou à janela.
O homem saiu da Tabacaria (metendo troco na algibeira das calças?).
Ah, conheço-o; é o Esteves sem metafísica.
(O Dono da Tabacaria chegou à porta.)
Como por um instinto divino o Esteves voltou-se e viu-me.
Acenou-me adeus, gritei-lhe Adeus ó Esteves!, e o universo
Reconstruiu-se-me sem ideal nem esperança, e o Dono da Tabacaria sorriu.”


Álvaro de Campos, 15-1-1928

22 de maio de 2016

CARIDADE É



CARIDADE É:
- Dar bom dia, boa tarde, um TUDO BEM COM VC (dito de forma interessada, amistosa, não FORMAL), é dar um pão diretamente a quem pediu, é dizer "MUITO OBRIGADA" e às vezes, só o fato de não atrapalhar a vida dos outros com fofocas já seria um grande feito.
Ficar pagando de sábio no Facebook, se passando por grande conhecedor dos mistérios da criação e do Universo, sem passar esse conhecimento adiante, pagando de KID BENGALA que pertence aos grupos que só OS ESCOLHIDOS FORAM ELEITOS, é -S-O-B-E-R-B-A- disfarçada de MODÉSTIA.


Ajudar ENTIDADES RELIGIOSAS, FILANTRÓPICAS, ESPIRITUALISTAS A ARRECADAR FUNDOS, NÃO É CARIDADE.
É mais uma tentativa de enganar aos outros e a si mesmo que se pratica o bem.

Ao final de tudo, dentro dessas instituições sempre haverá quem se beneficia de forma material e social levando MÉRITOS por meios ESCUSOS e em muitos casos, não repassam a verba a quem realmente precisa, cansei de ver isso.

CARIDADE É ESTENDER A MÃO DIRETAMENTE A QUEM PRECISA.

De conversa fiada, o mundo já está cheio.
Pois se quem está mais próximo dessas pessoas quando precisam de ajuda, são cravejados de "NÃOS" ou desculpas esfarrapadas.

O BOM MESMO É OLHAR AO REDOR, DE QUEM ESTÁ MAIS PRÓXIMO DE VOCÊ. Pois se a estes não ajudas quando necessário, toda a PROPAGANDA QUE FAZ DE TI MESMO NAS REDES SOCIAIS, de nada têm valor.

AJUDE! MAS COMECE POR QUEM ESTÁ MAIS PRÓXIMO DE TI E POR NÃO PODER FAZER PROPAGANDA DESSA CARIDADE, MUITOS NEGAM DE REALIZÁ-LA.

O mais sábio, é aquele que luta constantemente com sua CEGUEIRA,
Iluminar-se é poder ver com clareza aonde mora a cegueira.
Buscar merecimentos e aplausos são duas espécies dela.


COVARDES


Os covardes morrem várias vezes antes da sua morte, mas o homem corajoso experimenta a morte apenas uma vez.

William Shakespeare

19 de maio de 2016

EXPERIÊNCIA MÍSTICA


"A pessoa que teve uma experiência mística sabe que toda tentativa de expressá-la simbolicamente é imperfeita. Os símbolos não traduzem a experiência, apenas a sugerem. Se você não teve a experiência, como saber de que se trata? Tente explicar o prazer de esquiar a alguém que viva nos trópicos e nunca viu neve. E necessário que haja experiência para apreender a mensagem, alguma pista – do contrário você não ouve o que lhe estão dizendo." 


Joseph Campbell - O Poder do Mito


.

EMBRIAGUÊS


“Embriaga-te sem cessar! Com vinho, com poesia e com virtude.”

(Charles Pierre Baudelaire)





.

18 de maio de 2016

MAQUIAVEL


Tendo o príncipe necessidade de saber usar bem a natureza do animal, deve escolher a raposa e o leão, pois o leão não sabe se defender das armadilhas e a raposa não sabe se defender da força bruta dos lobos. Portanto é preciso ser raposa, para conhecer as armadilhas e leão, para aterrorizar os lobos.

Maquiavel

CONHECIMENTO - SABEDORIA

"Pouco conhecimento faz com que as pessoas se sintam orgulhosas. Muito conhecimento, que se sintam humildes. É assim que as espigas sem grãos erguem desdenhosamente a cabeça para o céu, enquanto que as cheias as baixam para a terra, sua mãe."

Leonardo da Vinci


17 de maio de 2016

PIMENTA É SAÚDE



FORTE, ARDIDA, PICANTE...
MAS FAZ MUITO BEM
PARA A SUA SAÚDE!!!



1-Efeito antioxidante

As pimentas do gênero Capsicum (vermelha, malagueta, dedo-de-moça, cambuci, jalapeño, americana, cumari-do-pará, de cheiro, murupi, entre outras) possuem substâncias que previnem doenças como diabetes, câncer e problemas do coração. Os antioxidantes são importantes também por combaterem o envelhecimento precoce.

2-Facilita a digestão

Ingerir pimenta aumenta a salivação e a secreção gástrica, o que potencializa a produção de enzimas e suco gástrico e facilita a digestão.


3-Acelera o metabolismo

O consumo eleva a temperatura do organismo e aumento o gasto calórico. A presença de capsaicina também previne o acúmulo de gordura na região da barriga.

4-Ajuda a emagrecer

A pimenta vermelha pode ser útil no emagrecimento por estimular o sistema nervoso, gerando aumento da liberação de catecolaminas, noradrenalina e adrenalina. Essas substâncias diminuem o apetite.


5-Controle do colesterol

Com o consumo, os níveis do colesterol bom (LDL) e dos triglicerídeos ficam controlados. Assim, a pressão arterial também fica em dia.

6-Prevenção do câncer

Seus componentes são considerados quimiopreventivos, antimutagênicos e anticarcinogênicas, o que previne vários tipos de câncer.

7-Combate a diabete

A capsaicina reduz o nível de glicose sanguínea e aumenta as taxas de insulina.

8-Atua no sistema circulatório

Suas vitaminas A, C, algumas do complexo B, além do potássio e do cálcio fazem com que a pimenta seja ótima para o sistema circulatório. Suas substâncias impedem a formação de coágulos e aumentam o calibre dos vasos sanguíneos, diminuindo as chances de um ataque cardíaco ou AVC (acidente vascular cerebral).

9-Afasta a depressão e alivia a dor


Pela presença de adrenalina e noradrenalina, quem consome a pimenta acaba ficando em estado de alerta, o que melhora o ânimo de pessoas deprimidas. Ao aumentar o fluxo sanguíneo periférico ela pode ajudar em casos de enxaqueca. Além disso, a capsaicina atua em dores de cabeça, mucosite oral, alergia cutânea e tumor de pele.

10-Ação anti-inflamatória


Mais uma vez, a heroína é a capsaicina, que tem forte ação anti-inflamatória. Especialistas indicam o consumo diário de seis pimentas dedo-de-moça ou meia pimenta malagueta por dia, para atingir as taxas necessárias de capsaicina.




7 de maio de 2016

DESAFIO


E nessa reescrita da vida sou todos os dias desafiada a amar mais, compreender mais, perdoar mais, reconhecer mais e por fim, ser grata sempre por tudo!

LIBERTE-SE


Jogue fora as luzes, as definições.
Diga o que você vê na escuridão.

Wallace Stevens

MISTÉRIOS DO UNIVERSO

E se apaixonou pelo universo quando criança e desde então, vive e respira a arte de descobrir estrelas e conhecer histórias. Hoje ansioso por sua próxima aventura. Aproveita e deixa se levar por cada site bizarro que fala do céu e seus mistérios ou qualquer fato noturno que aguça sua curiosidade.


INIMIGO TEU

Nem teus piores inimigos podem fazer tanto dano como seus próprios pensamentos.


SANGUE FRIO

Não devemos mostrar a nossa cólera ou o nosso ódio senão por meio de atos. 
Os animais de sangue frio são os únicos que têm veneno.

Arthur Schopenhauer


23 de abril de 2016

OLHAR PARA AS ESTRELAS


Nossa razão se obscurece ao contemplarmos as estrelas e sentir alívio em nossas dores e qual mistério se esconde diante disso, imaginando que o limitado espaço físico ao qual somos submetidos, nos impede de desvendá-lo.

Val Qic

MATRIX E A NOSSA MENTE


Olhar para a Matrix é olhar para a nossa Mente
Ela está programada para nos dar todas as respostas (mesmo erradas), com uma capacidade gigantesca de criação e autopreservação. Ao mesmo tempo que realiza os nossos desejos, escraviza-nos a eles.
O mundo moderno é fruto da Matrix, tudo a nossa volta nasceu dela (da mente ou Matrix, como preferir), desde a bateria de seu relógio de pulso à nossa língua, à moral, à filosofia e à ciência.

Não vemos o mundo como ele é, mas sim como os nossos sentidos o captam. Uma rosa vermelha é todas as cores, menos o vermelho. Ela absorve as outras cores e reflete o vermelho.
Além disso, tudo o que é captado pelos sentidos é interpretado pela programação do cérebro. Este programa foi criado, de um lado, pela seleção evolutiva natural a todas as espécies e, de outro, por nossas próprias criações. Programas gerando programas, dando origem ao que chamamos de sociedade.

Ao olharmos à nossa volta, veremos um reflexo de nós mesmos, de nossos sonhos e pesadelos materializados, produzidos na Matrix e tornados "reais". Esta realidade virtual é onde vivemos com nossas leis, normas, nossos sinais e tantos outros elementos artificiais criadas pela Matrix.
Este gigantesco Software de gerenciamento é alimentado por cada microprograma, ou seja, nós. Quando "crio algo", insiro um novo programa na Matrix; se esse programa lhe for útil ele é agregado. Um bom exemplo são produtos e marcas que existem há décadas.Mas se eu sou um revolucionário, um terrorista, e crio uma idéia contrária à Matrix(o status quo), sou um vírus. Naturalmente os mecanismos de defesa dela serão lançados contra mim: O antivírus.

Podemos pensar em uma pessoa como Giordano Bruno, que, no século XIV, já acreditava em outros mundos e em vida em outros planetas e punha em xeque todas as concepções da Igreja (concepções oficiais), sendo, desta forma, condenado à morte ou, se preferirmos, deletado.

Livro: Matrix-BemVindo ao Deserto do Real
Autor: William Irwin 
Editora:Madras

16 de abril de 2016

ÔMEGAS 3, 6, 9

OS ÁCIDOS GRAXOS 
A maior parte das gorduras naturais é constituída por 98% a 99% de triglicerídeos que são, primariamente, constituídos por ácidos graxos (cadeias retas de hidrocarbonetos terminando em um grupo carboxila e, na outra extremidade um grupo metila), cuja nomenclatura, extensão da cadeia e grau de saturação traçam um perfil diferenciado entre si, incidindo fortemente no seu grau de importância. Quanto à extensão da cadeia, os ácidos graxos classificam-se em ácidos graxos de cadeia curta (SCFA - Short Chain Fatty Acids), com cauda alifática com menos de seis átomos de carbono; cadeia média (MCFA - Medium Chain Fatty Acids), com cauda alifática de 6 a 12 carbonos; de cadeia longa (LCFA - Long Chain Fatty Acids), com cauda alifática de mais de 12 carbonos; e de cadeia muito longa (VLCFA - Very Long Chain Fatty Acids), com cauda alifática contendo mais de 22 átomos de carbono. Quando se trata de ácidos graxos essenciais (EFA - Essential Fatty Acids) costuma-se usar uma terminologia ligeiramente diferente. 


Os ácidos graxos essenciais de cadeia curta possuem 18 carbonos e os ácidos graxos de cadeia longa possuem 20 ou mais átomos de carbono. A existência ou não de duplas ligações na cadeia determina o grau de saturação do ácido graxo. Os ácidos graxos saturados são aqueles que contêm uma única ligação entre carbonos, ou seja, não possuem duplas ligações. São geralmente sólidos à temperatura ambiente. Gorduras de origem animal são geralmente ricas em ácidos graxos saturados. Os ácidos graxos insaturados são aqueles que possuem uma ou mais duplas ligações e são mono ou poliinsaturados. Se o ácido graxo possuir somente uma dupla ligação é chamado monoinsaturado, e os que apresentam mais de uma dupla ligação entre carbonos se denominam ácidos poliinsaturados. São geralmente líquidos à temperatura ambiente. A dupla ligação, quando ocorre em um ácido graxo natural, é sempre do tipo cis. Os óleos de origem vegetal são ricos em ácidos graxos insaturados. Quando existe mais de uma dupla ligação, estas são sempre separadas por, no mínimo, três carbonos e, normalmente, ocorrem em uma posição não conjugada, podendo também acontecer em uma posição conjugada (alternada por uma ligação simples). Quando dois ácidos graxos são semelhantes, com exceção apenas da posição da dupla ligação entre os carbonos, são chamados de isômeros posicionais. A ênfase dada aos ácidos graxos poliinsaturados dá-se ao fato do organismo humano não poder sintetizá-los. As duas classes de ácidos poliinsaturados essenciais são o ômega 3 (ω-3) e o ômega 6 (ω-6). O ácido graxo ômega 9 (ω-9) é o único que pode ser produzido pelo próprio organismo, porém, para que isso ocorra, é necessário que os ácidos ômega 3 e ômega 6 já estejam no organismo. 

ÔMEGA 3 - FONTES E BENEFÍCIOS À SAÚDE 

Os ácidos graxos ômega 3 são assim denominados por possuírem sua primeira dupla ligação no carbono 3 a partir do radical metil do ácido graxo. São encontrados em grande quantidade nos óleos de peixes marinhos, como sardinha, salmão, atum, arenque, anchova, entre outros (peixes que vivem em águas profundas e frias), e também em algas marinhas e nos óleos e sementes de alguns vegetais, como a linhaça, por exemplo. Os mais pesquisados e que possuem maiores benefícios à saúde são o EPA (ácido eicosapentaenóico) e o DHA (ácido docosahexaenóico) presentes principalmente nos óleos de peixes. Pesquisas mostram que esses ácidos graxos são capazes de ajudar no controle da lipidemia e conter reações inflamatórias, entre outros benefícios. Dessa forma, podem ser coadjuvantes no tratamento de doenças cardiovasculares, artrite, psoríase, etc. Estudos recentes relacionam o uso do DHA em melhorar sintomas de depressão, Mal de Alzheimer e distúrbios de comportamento, como a hiperatividade e déficit de atenção. 


As maiores fontes de ômega 3 são os peixes de águas frias e profundas, oleaginosas e óleo de linhaça, ovos enriquecidos e leite fortificado. Contudo, isso não significa que comer peixe diariamente é a solução para todos os problemas, pois qualquer excesso acarreta prejuízos para a saúde. Por ter um alto poder de oxidação, o consumo de ômega 3 deve ser associado à ingestão de vitaminas antioxidantes. As fontes de ômega 3 encontradas na natureza geralmente já os apresentam na sua forma natural. No entanto, pode-se associá-las ao consumo de vitamina E e selênio (brócolis, azeite extra virgem, oleaginosas, castanha e nozes) e sucos cítricos, que são fontes de vitamina C, para que estes alimentos formem um pool de antioxidantes a fim de preservar a integridade da estrutura química do ômega 3. Embora seja do conhecimento geral que o ômega 3 é benéfico à saúde, o principal impedimento para o seu consumo em suplementos ou incorporado em alimentos sempre foi o seu sabor residual. É fato notório a dificuldade de se trabalhar com ômega 3 pela sua alta instabilidade; se ocorre a oxidação, o produto alimentício pode apresentar odor e sabor de peixe. Esse desafio técnico foi superado nos últimos anos pela técnica de microencapsulação. Com a microencapsulação, onde o ômega 3 é acondicionado na forma de pó, a oxidação é prevenida, aumentando a vida útil do produto. Esses avanços tecnológicos têm permitido a introdução de ômega 3 em vários novos produtos durante os últimos anos. Algumas destas introduções incluem pães, leite, macarrão, ovos e iogurtes. A expansão no desenvolvimento e uso do ômega 3 se explica pela convergência de quatro fatores: o entendimento dos benefícios oferecidos pelo ômega 3, consciência dos consumidores das suas próprias deficiências de saúde, desenvolvimento de tecnologias e formulações e, principalmente, a prática de regulamentos positivos. Os ácidos graxos ômega 3 são apresentados na Tabela 1.



TABELA 1 - OS ÁCIDOS GRAXOS ÔMEGA 3




Os ácidos graxos ômega 3 são essenciais para o funcionamento de dois órgãos importantíssimos: o coração e o cérebro. Dentre os benefícios do consumo de ômega 3 para o coração pode-se destacar a diminuição das taxas de triglicérides e colesterol total no sangue; a redução da pressão arterial de indivíduos com hipertensão leve; e a alteração da estrutura da membrana das células sanguíneas, tornando o sangue mais fluido. O ponto de partida para a realização de estudos sobre a importância do ômega 3 para a saúde humana, foram os esquimós. Os cientistas observaram uma incidência curiosamente baixa de doenças cardiovasculares entre os esquimós da Groenlândia, apesar de sua alimentação conter alto teor de gordura. A explicação para isso estava na sua alimentação, que consistia em peixes ricos em ácidos graxos ômega 3. 





A partir desse estudo, várias pesquisas foram realizadas, confirmando que os povos que consomem regularmente mais peixe possuem uma incidência menor de doenças cardíacas, pois as gorduras ômega 3 desempenham um papel significativo na redução de doença cardíaca coronariana. Os nutricionistas afirmam que o ômega 3 reduz a tendência das plaquetas de gordura se agregarem nas artérias (o que pode provocar aterosclerose e precipitação de ataques cardíacos); além disso, reduz triglicérides, colesterol e reações inflamatórias. Os ataques cardíacos acontecem quando um acúmulo de colesterol ruim (LDL), proveniente da ingestão de gorduras ruins na dieta como, por exemplo, a hidrogenada e saturada, são depositadas e oxidadas nas artérias, provocando “escamação” da parede dos vasos sanguíneos. Quando isso ocorre, o organismo aumenta a liberação de certas proteínas, como a apoproteína A e a fibrina, buscando reparar a lesão instalada. A apoproteína entra em ação para reparar o dano e a fibrina vai se depositando na artéria. Com o tempo, os depósitos de fibrina estreitam o diâmetro das artérias, fazendo com que o coração tenha um débito reduzido, aumentando o esforço para impulsionar o sangue ao seu destino durante o processo circulatório. 


O ômega 3 evita a fixação e oxidação do LDL na parede das artérias. Diante disso, ocorre uma menor produção de apoproteína A e fibrina que se acumulariam nos vasos. O cérebro é outro órgão beneficiado pelo ômega 3. Mais de 20% do cérebro é constituído de substâncias gordurosas que desempenham importantes funções. Por isso, a saúde do cérebro depende da quantidade de gordura ingerida e, principalmente, do tipo de gordura consumida, ou seja, a performance mental exige um tipo específico de gordura, e o ômega 3 é ideal. Sabe-se que o ômega 3 é um ácido graxo estrutural da matéria cinzenta do cérebro, promovendo a comunicação entre as células nervosas, além de ajudar na construção das bainhas de mielina ao redor das fibras nervosas, permitindo assim uma melhor neuro transmissão química, o que, consequentemente, auxilia no monitoramento do humor e da memória. O ômega 3 cria um ambiente ideal para a troca rápida de mensagens entre as células do cérebro. Se o cérebro pára de receber ômega 3, procura se adaptar a essa deficiência. Como consequência, fica “preguiçoso” e as respostas passam a ser mais lentas. A repetição desse comportamento faz com que o cérebro passe a encarar esse novo estado como um novo padrão de funcionamento. Os resultados disso são problemas de memória, alterações de humor e dificuldades de aprendizado. 


Estudos recentes mostram que o consumo regular de ômega 3 ajuda a melhorar a concentração; a melhorar a memória; a aumentar a motivação; a melhorar as habilidades motoras; a aumentar a velocidade de reação; a neutralizar o estresse; e a prevenir doenças degenerativas cerebrais. Além do coração e do cérebro, há vários benefícios específicos em consumir ácido eicosapentaenóico (EPA) e ácido docosahexaenóico (DHA). Um deles é na maternidade, reduzindo o risco de depressão pósparto e mudanças de humor, além de melhorar a saúde durante e após a gravidez. O DHA provê isolamento crítico para o desenvolvimento do sistema nervoso em crianças, bem como auxilia em seu desenvolvimento visual e cognitivo. Além disso, o leite materno é rico em todos os três ácidos graxos e a maioria das fórmulas infantis contêm DHA e ARA (ácido araquidônico) mais semelhante ao leite materno. A ingestão de EPA e DHA também reduz os sintomas de dislexia, ADHD (desordem de atenção e hiperatividade deficitária) e outros sintomas de aprendizagem, comportamento e coordenação desordenada em crianças. Nos adultos, os benefícios incluem redução do risco de depressão, esquizofrenia,
hipertensão e doenças inflamatórias, como artrite reumatoide, doença inflamatória do intestino (IBD) e asma, ataque cardíaco e outras doenças cardiovasculares. Outros benefícios incluem redução do risco de demência, deterioração mental e degeneração macular relacionada à idade (AMD). Esta ampla variedade de benefícios se baseia em estudos focados principalmente em algumas condições de saúde, como desordens inflamatórias (inclusive artrite, doença autoimune, psoríase e eczema), depressão, câncer, lúpus e asma. Porém, várias outras pesquisas com ômega 3 estão sendo realizadas para uma variedade de outras condições, desde desordens do sono, ansiedade e depressão, até resposta imune.

ÔMEGA 6 - TIPOS E BENEFÍCIOS DIVERSOS

Existem vários tipos diferentes de ácidos graxos ômega 6. A maioria é proveniente da dieta, como o ácido linoleico, por exemplo, sendo encontrado especialmente em azeites vegetais (girassol, milho, soja, etc.) e em alimentos que os contenham, como as conservas em azeite, entre outros. 


O ácido linoleico é convertido no organismo em outro ácido graxo da família ômega 6, denominado ácido gama linoleico, sendo, posteriormente, transformado no organismo no ácido graxo araquidônico. Quando se fala em ômega 6, deve-se destacar também a importância de se manter determinada proporção entre os diferentes integrantes da mesma família; embora o ácido linoleico, principal componente dos ômega 6, exerça funções importantíssimas no organismo, não é conveniente que haja excesso do mesmo. Como em muitos outros aspectos da alimentação, a moderação e o equilíbrio, neste caso, é um ponto fundamental. Os ácidos graxos saturados, presentes nos alimentos de origem animal (carnes, lácteos, etc.) não devem superar o máximo de 10%, para evitar a aparição de doenças cardiovasculares, enquanto que os ácidos graxos monoinsaturados (principalmente o azeite de oliva) epoliinsaturados devem representar o maior aporte de gordura na dieta, contribuindo, junto com outros fatores alimentícios e fisiológicos, para evitar o surgimento de doenças associadas ao coração e ao sistema cardiovascular. No grupo de ácidos graxos poliinsaturados se encontram os ômega 6, fundamentalmente em azeites e óleos de sementes, bem como em cereais. 


O ácido γ-linolênico ou, simplesmente, GLA (Gamma Linolenic Acid) é designado como 18:3 (ômega 6). Quimicamente, é um ácido carboxílico com uma cadeia de 18 carbonos e três ligações duplas cis; a primeira ligação dupla é localizada no sexto carbono a contar da terminação ômega. É também chamado de ácido gamolênico. É um isômero do ácido α-linolênico, que é o ácido graxo ômega 3. Uma dieta ocidental típica contém baixas quantidades de GLA. As fontes mais concentradas não vêm de alimentos tradicionais, mas de óleos de sementes e microorganismos. Os microorganismos que produzem GLA incluem cianobacterias (Spirulina maxima e S. platensis) e fungos (Mucor javanicus e Mortierella isabellina). Nenhuma destas fontes concentradas de GLA está presente em uma dieta típica, mas os óleos podem ser consumidos em forma de suplemento dietético. 


O Evening Primrose Oil (EPO), ou óleo de prímula, é a forma mais popular do ácido graxo essencial ômega 6, rico em ácido linolênico (LA) e ácido γ-linolênico (GLA). Trata-se de um dos óleos nutricionais mais pesquisados, o que contribuiu para sua grande popularidade, em particular com relação a tensão pré-menstrual, doenças cardiovasculares, inflamação e problemas de pele. O ácido γ-linolênico (GLA) é convertido pelo organismo em uma substância chamada prostaglandina E1 (PGE1). O PGE1 tem propriedades anti-inflamatórias, além de agir afinando o sangue e como um dilatador de vasos. 

As propriedades anti-inflamatórias do GLA vem sendo estudadas em pesquisas duplo-cego com pessoas que sofrem de artrite reumatoide. Alguns estudos reportaram que a suplementação com GLA geraram benefícios significativos para estas pessoas. 


O ácido γ-linolênico mostrou ter atividades anticancerígenas em estudos com tubo de ensaio e em alguns estudos com animais. Também demonstrou, em alguns estudos, reduzir os níveis de colesterol. A suplementação com óleo de prímula pode melhorar coceira de pele, vermelhidão e secura associada com hemodiálise. Pessoas com síndrome pré-menstrual, diabetes, esclerodermia, eczema e outras condições de pele podem ter um bloqueio metabólico que interfere com a habilidade do organismo de produzir o GLA. Em estudos preliminares, a suplementação com óleo de prímula ajudou as pessoas com estas condições. 


Existem evidências de que alcoólatras podem ter deficiência de GLA, e um estudo preliminar sugere que a suplementação com óleo de prímula pode ajudá-los no combate a esse vício. A deficiência de GLA é muito comum e ocorre principalmente devido a fatores como envelhecimento, intolerância a glicose, alto consumo de gordura na dieta, e outros problemas. Pessoas com esta deficiência podem se beneficiar com a suplementação com óleo de prímula. 

ÓLEO DE PRÍMULA

A quantidade exata ideal de óleo de prímula por dia ainda é desconhecida. Pesquisadores normalmente usam entre 3g a 6g de óleo de prímula por dia, o que fornece aproximadamente 270mg a 540mg de GLA. A ideia de tomar outros nutrientes, como magnésio, zinco, vitamina C, niacina e vitamina B6 junto da suplementação de óleo de prímula é interessante, uma vez que eles ajudam também na formação do PGE1. Atualmente, o óleo de prímula é a mais importante fonte comercial de ácido γ-linolênico. 


Em cada grama do óleo encontram-se, além de quantidades menores de outros ácidos, de 65mg a 80mg de ácido linoleico e de 8mg a 14mg de GLA. Portanto, o óleo é, ao mesmo tempo, fonte do ácido γ-linolênico e de seu precursor, o ácido linoleico. Outras boas fontes naturais de GLA são o óleo de sementes de borragem (Borago officinalis L.), óleo de sementes de cassis (Ribes nigrum), ou fontes fúngicas. Uma alternativa que se mostra promissora é o óleo de canola, extraído de sementes geneticamente modificadas e o óleo de Echium fastuosum, uma planta da família das borragináceas. Não existe nenhum consenso quanto as doses adequadas ou indicadas de GLA, as quais variam de aproximadamente 90mg a 1.000mg/dia. Os ácidos graxos ômega 6 são apresentados na Tabela 2. 

TABELA 2 - OS ÁCIDOS GRAXOS ÔMEGA 6

O ômega 6 oferece diversos benefícios à saúde, uma vez que o organismo necessita deste ácido graxo para trabalhar corretamente. Entre as principais funções sobre as quais pode interferir, estão a formação das membranas celulares; a síntese hormonal; o correto funcionamento do sistema imunológico; a adequada formação da retina; e o funcionamento neuronal e a transmissão dos impulsos nervosos. 


É comprovado que a ingestão de ácidos graxos ômega 6 representa uma série de benefícios para o organismo, destacando-se entre outros, a síndrome de atenção dispersa/hiperatividade, a hipertensão arterial e as doenças cardíacas e a osteoporose. Vários estudos sugerem que as crianças com síndrome de atenção dispersa, acompanhados ou não de hiperatividade, apresentam níveis mais baixos de AGE, ácidos grãos essenciais, tanto da família ômega 6 como ômega 3. 

Devido à relação que estas substâncias desempenham no desenvolvimento do cérebro e na função cognitiva (comportamento), faz sentido continuar a analisar e pesquisar a conexão entre os níveis baixos de AGE nestes indivíduos, particularmente crianças, com esta síndrome. 

Enquanto se aguarda os resultados de novos estudos, é adequado manter um equilíbrio mais saudável entre os alimentos que contém ácidos graxos ômega 3 e ômega 6 na dieta, o que sem dúvida, trará outros benefícios à saúde.

ÓLEO DE LINHAÇA

As doenças cardiovasculares são uma das principais causas de mortalidade. A participação dos ácidos graxos ômega 6 em perfeito equilíbrio com os ômega 3, é de fundamental relevância para diminuir este quadro, uma vez que o ômega 6 ajuda a baixar os níveis de colesterol total e LDL. 

ÓLEO DE CANOLA

Ao diminuir os níveis de LDL, diminuem as mortes por enfermidadecardíaca. Os ômega 6 poliinsaturados, como o linoleico, tendem a reduzir ambos os tipos de colesterol (LDL e HDL) no sangue, e estão presentes nos óleos de milho, soja e girassol. 



Os monoinsaturados, presentes fundamentalmente no azeite de oliva, tendem a diminuir os níveis de colesterol LDL, sem afetar o colesterol HDL. 


Os ácidos graxos poliinsaturados (óleos de sementes) e monoinsaturados (azeite de oliva) não formam depósitos gordurosos que obstruem as artérias, como ocorre com os ácidos graxos saturados, presentes fundamentalmente em alimentos de origem animal. Assim, deve-se consumir diariamente óleos e azeites de diferentes tipos, porém sempre com moderação. Suspender por completo os óleos e azeites da dieta é um grave erro, já que são a principal fonte de vitamina E, a qual cumpre uma importante função antioxidante. 


A deficiência de ácidos graxos essenciais pode levar ao desgaste ósseo e a predisposição a osteoporose. Os ácidos graxos essenciais também podem contribuir para uma maior absorção de cálcio e ao depósito deste mineral nos ossos, bem como favorecer a diminuição da perda de cálcio através da urina (calciuria). 

ÓLEO DE SOJA

Essas condições podem melhorar e/ou fortalecer a massa óssea, prevenindo, entre outros fatores, a osteoporose. Alguns estudos clínicos que analisam o papel dos ácidos graxos essenciais ômega 6, particularmente o linoleico,

MANTEIGA DE AMENDOIM

principal componente dos óleos vegetais de milho e girassol, mostram que eles podem ser benéficos no tratamento destes distúrbios Os ômega 6 exercem uma função de destaque na conservação da pele e outros epitélios.

15 ALIMENTOS RICOS EM ÔMEGA 6
1.  Óleo de girassol
2.  Óleo de milho
3.  Óleo de soja
4.  Óleo de abacate
5.  Óleo de canola
6.  Óleo de semente de linhaça
7.  Óleo de prímula
8.  Óleo de azeite de oliva
9.  Nozes
10. Sementes de Cânhamo
11. Castanha do pará
12. Sementes de gergelim
13. Sementes de abóbora
14. Manteiga de amendoim
15. Peixes


ÔMEGA 9 - OBTENÇÃO E APLICAÇÃO

O ômega 9, também chamado de ácido oléico, é um ácido carboxílico, por possuir um grupo funcional COOH. O ácido oléico é um ácido graxo de cadeia longa, possuindo 18 carbonos na sua estrutura. Por possuir uma dupla ligação entre os carbonos, é chamado de ácido graxo insaturado. Os ácidos graxos são uma classe de compostos orgânicos que constituem os lipídeos, os quais são vitais na construção da membrana celular, estando presente na epiderme, a qual protege e faz parte da barreira da pele, evitando a sua desidratação por perda de água transepidérmica. O ácido oleico é um ácido graxo essencial, o qual participa do metabolismo, desempenhando um papel fundamental na síntese dos hormônios. O ácido oléico, quando purificado e bidestilado, apresenta-se na forma líquida na temperatura ambiente, sendo um líquido de cor incolor a levemente amarelado. Sua solidificação ocorre com o abaixamento da temperatura, sendo que se torna sólido na temperatura de 14°C a 16º C . Por possuir uma cadeia grande lipofílica, o ácido oléico e insolúvel em água e solúvel em solventes orgânicos e óleos vegetais. Quando exposto ao ar ou ao calor se torna amarelo e rançoso, como em gorduras animais. No óleo de oliva (azeite) a sua concentração ultrapassa 70%. 


Também está presente em alta concentração no óleo de sementes de uva, óleo de canola, óleo de gergelim, óleo de girassol, óleo de soja, óleo de palma e em animais marinhos, como o tubarão e bacalhau. O ácido oléico é obtido a partir da hidrólise da gordura animal e de certos óleos vegetais (óleo de oliva, palma, uva, etc.), onde, após a separação da glicerina, é submetido a uma destilação sob alto vácuo e separado por cristalização fracionada da estearina, através do abaixamento da temperatura. Para se obter uma oleína altamente pura, deve ser bidestilada e fracionada até se chegar a concentração acima de 95%. O ômega 9 é um ácido graxo monoinsaturado, estando relacionado a níveis de triglicerídeos mais saudáveis, além de também ajudar na diminuição dos níveis de colesterol total sanguíneo, LDL (colesterol ruim) e, ainda, aumentar o HDL (colesterol bom). Esse tipo de gordura está presente no azeite de oliva, azeitona, oleaginosas (castanhas, amêndoas e nozes), óleo de canola e abacate. Esse efeito se deve ao seu bom conteúdo de fitoesteróis, substâncias que auxiliam na eliminação do colesterol e, também, na diminuição da circunferência abdominal. Outro alimento muito estudado, rico em ômega 9 e que faz parte da famosa dieta mediterrânea é o azeite de oliva extra virgem. O consumo regular ajuda no combate ao colesterol total e ruim (LDL) e, assim como o abacate, também aumenta o bom (HDL). Além disso, é altamente anti-inflamatório por fornecer uma boa carga de antioxidantes ao organismo, o que pode reduzir a oxidação através da inibição da peroxidação dos lipídios, fator que está envolvido nas doenças coronarianas, no câncer e no envelhecimento. A partir da descoberta desses benefícios, as pesquisas se multiplicaram. Cientistas do Monell Chemical Senses Center e colaboradores das universidades da Pensilvânia e de Ciências da Filadélfia, descobriram a presença de um agente natural anti-inflamatório, chamado de oleocanthal, que atua inibindo a atividade da ciclo oxigenase (COX), poderosa enzima envolvida no processo inflamatório, e que pode ajudar na prevenção de doenças do coração, por exemplo. Outro estudo, esse coordenado por cientistas europeus, mostrou que o azeite impede o acúmulo de gordura na região abdominal. Comprovando esse efeito, uma pesquisa publicada na revista Diabetes Care, da Associação Americana de Diabetes, comprovou que a ingestão diária de duas colheres de sopa de azeite evita a formação de gorduras na região visceral.O azeite já foi alvo de várias pesquisas mostrando sua relação com a redução do acúmulo de gordura abdominal e a conclusão que se chega é que os componentes do azeite ajudam a reorganizar os depósitos de gorduras no organismo, impedindo que elas inchem as células adiposas da região abdominal e se concentrem. Além disso, a queima de gordura é uma reação química que depende de uma série de nutrientes. Para ampliar o leque de benefícios nesse grupo de alimentos de gorduras benéficas estão as amêndoas, castanhas e nozes. Vários estudos estão sendo conduzidos e têm como foco esse grupo das oleaginosas. Um deles, publicado na revista norte-americana International Journal of Obesity, comparou os efeitos de uma dieta para emagrecer enriquecida com amêndoa a uma mais tradicional suplementada com carboidratos complexos. O grupo que comeu amêndoa obteve mais sucesso na redução de peso e do total de gordura corporal. Além disso, mostrou mais facilidade em manter a perda de peso, grande problema enfrentado por muitas pessoas. Outras propriedades do ômega 9 é de ser anti-inflamatório, por ser rico em antioxidantes; proteger o coração; prevenir contra cânceres e no envelhecimento das células. Alimentos fonte desse ômega, como é o caso do azeite de oliva, têm sido estudados por impedirem o acúmulo de gordura na região do abdômen. Isso ocorre, porque ele impede que as células de gordura se inchem, além de ajudar na queima da gordura corporal, usando-a como fonte de energia. Em um estudo realizado com camundongos obesos e diabéticos foi verificado a ação do ômega 3 e do ômega 9 no hipotálamo desses animais. Como conclusão, os pesquisadores demonstraram que essas substâncias foram capazes de reduzir a inflamação e restabelecer a sinalização celular que controla o apetite, ajudando na perda de peso.






MULTI ÔMEGAS PREMIUM 3.6.9, DA TRANSCEND NUTRITION




O Multi Ômegas Premium 3.6.9, da Transcend Nutrition é um suplemento em cápsulas gelatinosas, composto por óleos de peixe, linhaça, borragem e gergelim, que por sua vez são ricos em ácidos graxos poli-insaturados como ômega 3, 6 e 9. Esses ácidos graxos são considerados essenciais, uma vez que nosso organismo não consegue produzi-los, devendo assim, ser obtidos por meio da alimentação ou de suplementos especializados.


BENEFÍCIOS DO ÔMEGA 3, 6 E 9:

Fonte de EPA e DHA; Ajudam a regular os níveis de colesterol no sangue, diminuindo os níveis de LDL (considerado colesterol ruim) e triglicérides;Promovem a saúde cardiovascular;Melhora a memória e a aprendizagem;Ação anti-inflamatória;Auxiliam no combate dermatite atópica, acne e depressão;Fortalecem o sistema imunológico;

Multi-Ômegas Premium oferece combinações perfeitamente, balanceadas essencial à manutenção diária da saúde,possui em sua composição óleo de peixe, óleo de linhaça, óleo de borragem e óleo de gergelim, porém o óleo de borragem um dos seus principais componentes o ácido gamalinolênico (GLA) um ácido graxo essencial atua regulando os sintomas da Síndrome da Tensão Pré-Menstrual associados a mastalgia cíclica (dor mamária) e estimula a produção de colágeno (fibroblastos e elastina) assegurando uma melhor textura e elasticidade da pele. Óleo de linhaça é um excelente anti-inflamatório, Óleo de peixe fonte de proteínas, melhora a circulação sanguínea, juntamente com a redução de triglicéridos e de colesterol sérico. Óleo de gergelim contém um antioxidante, atua no controle do sono e do apetite, proporcionando uma sensação de saciedade.

RECOMENDAÇÃO DE CONSUMO: Ingerir duas cápsulas por dia.