TUTORIAIS PARA USAR PARTICIPAR DESTE BLOG

17 de janeiro de 2012

SER IMPORTANTE

(DESCENDO A ESPADA PARA PODAR O QUE JÁ SE TORNOU UM GALHO SECO)





Tenho visto de várias partes e por parte de alguns poucos indivíduos uma coisa que detesto, aonde sou intolerante e não aceito de jeito nenhum esse tipo de comportamento. 

Mesmo assim, viso as qualidades de qualquer pessoa e quando percebo mentiras, aonde elas se fazem de importantes e/ou populares, procuro demonstrar suavemente que NÃO GOSTO DISSO. Faço isso uma, duas, três vezes...depende de quem se trata, aplico as quantidades medindo as qualidades, pois desta maneira, quem sabe a "coisa" funcione e caia a ficha de que não somos merda nenhuma sozinhos nesse mundo.
Ninguém precisa se fazer de importante para que eu venha gostar de alguém e ao contrário:
- O que quero dizer, é que me canso de pessoas assim muito fácil e quando eu resolvo deixar de lado é para sempre.
Isso não é uma ameaça, nem uma indireta, pois eu executo com a maior naturalidade essa minha atitude.


- Afinal, vamos combinar?
- Ninguém é insubstituível. 
Isso se aplica a eu também. Não tenho problema algum quando me torno dispensável, pois acredito e principalmente ACEITOOOO que existem pessoas bem melhores do que eu. Simples assim! rs


POR QUÊ ESTOU ESCREVENDO ISSO?
- Porque já reclamaram que ao mesmo tempo que eu aproximo as pessoas de mim, eu as afasto depois e isso quem me disse, foi minha própria Mãe.
Então, imagine aonde é que esses "IMPORTANTES DE PLANTÃO", estão se metendo?
Só espero com sinceridade, que eu não seja tão importante e indispensável na vida deles, pois nunca voltei atrás. Afinal, não tenho tempo a perder com infantilidades dos outros e no momento que cheguei ao ápice das minhas tentativas, eu corto de vez.
Hoje, acabei de fazer isso de novo, infelizmente.
Quem tem problemas e usam eles de escudo para camuflar suas doenças do ego, que procure um psicólogo ou um psiquiatra ao invés de me alugar. rs
- Não tenho tino para ser pajem ou babá de ninguém.


.
Postar um comentário