TUTORIAIS PARA USAR PARTICIPAR DESTE BLOG

12 de janeiro de 2015

FACEBOOK - IN MEMORIAN



Eu persegui o objetivo de encontrar a essência de estar aqui neste espaço, com mais entusiasmo que estar no Facebook por motivos óbvios. Um deles é o fato de poder postar para pessoas desconhecidas ao qual jamais levarão minhas postagens para o lado pessoal.

No Facebook, quase tudo o que você posta, vira ofensa a quem incorpora aquela postagem e a vê como indiretas. Depois que você posta e vê que outro amigo respondeu de forma indireta no próprio mural dele, começam os conflitos, onde pessoas que jamais imaginou ter problemas, passam ser teus inimigos. 

Às vezes, no maior entusiasmo, eu postava o lado controverso das verdades absolutas que toda sociedade "abraça", mostrando a hipocrisia na sua mais pura essência que o Sistema ou Sociedade impõe de forma proposital e sutil para que as pessoas não questionem e tudo, fazia no intuito de ajudar... Engano meu... Fui taxada de arrogante, não como um grãozinho de areia tentando ajudar. Fui inocente demais. Acabei inclusive, achando prazer em dar continuidade aos que se ofendiam, em derrotá-los com argumentos. Isso é nocivo demais porque temos a tendência de gostar do que não presta e sentir prazer nisso.

Em contrapartida, tudo o que postamos lá, sem querer acabamos atingindo pessoas de várias faces, porque sempre nos mostram apenas uma... O Facebook pra mim foi bom, porque despiu muitas pessoas que estavam como meus amigos mais pela polêmica dos assuntos que abordava do que pela suposta "amizade" e "respeito" que aparentemente nutriam e desta forma, encurtei um caminho longo demais para tais descobertas que sem o auxílio do Facebook, não faria com que as máscaras caíssem de forma prematura.

Eu gosto de escrever porque estudo por conta própria vários temas através da leitura e ninguém tirará esse direito de mim e por isso ser tão bem mais forte do que eu, estou aqui e muito pouco lá.

Você que vem aqui ler minhas postagens é responsável por isso, foi graças ao aumento de acessos, graças a você e a todos que sempre vem nesse espaço que encontrei o verdadeiro sentido de escrever.

É... Vocês me salvaram. (risos)
Não estou sentindo tanta falta do Facebook e sinto que esse desapego está aumentando e repito:
- Foi graças a vocês!

Obrigada!
Postar um comentário